Cinco disputam o governo do Pará

Como esperado, cinco candidatos pediram registro de candidatura ao governo do Pará. Último a aparecer no sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o petista Paulo Rocha registrou a chapa “Lula Livre”, formada por PT e PC do B de onde saiu a candidata a vice, Sandra Batista. Rocha declarou patrimônio no valor de R$ 258.822, incluindo um terreno e investimentos.

O candidato com maior patrimônio declarado é Márcio Miranda do DEM. Miranda encabeça a chapa “Em Defesa do Pará”, formada por nove partidos. Além do DEM e do PSDB (legenda do candidato a vice, José Megale),  a chapa reúne PDT , PSB,  SOLIDARIEDADE, PRP , PMN,  PRTB e/ PPS.
Helder Barbalho do MDB declarou patrimônio de 3. 204.906,56. Ele lidera a coligação “O Pará Daqui pra Frente” , composta por 17 partidos. Além do MDB  e do  PP (legenda do vice, Lúcio Vale) a coligação é formada por PSD, PRB,/ PR, PTC,  PSC,  PROS,  PTB, PATRI,/ PODE,  DC , AVANTE , PMB,   PSL, PHS, e PRTB. Essa composição deve garantir a Helder o maior tempo de propaganda no rádio e na TV.
Cleber Rabelo do PSTU e Fernando Carneiro foram os primeiros a pedir registro das candidaturas.  Rabelo declarou bens no valor de R$ 13

Comentários